A voz do Governo

“Na Guanabara, 19 horas.”

Começava assim o que o General Santos Cruz não quer acabar.

Apesar de ser chamado de “A voz do Brasil”, “A voz do Governo” é o programa de rádio mais antigo do país e do hemisfério sul ainda em transmissão.

O programa radiofônico “A voz do Governo” foi criado em 1935, durante o governo de Getúlio Vargas, com o nome “Programa Nacional”.

Em 1938, passou a ter transmissão obrigatória com horário fixo das 19 às 20 horas e seu nome mudou para “A Hora do Brasil”, até porque chamá-lo de “Programa Nacional Obrigatório” em meio a uma ditadura, não seria nem necessário, muito menos recomendado.

Leia também:  A cobrança de impostos é antieconômica e imoral

Em 1971, “A voz do Governo” adotou o nome “A Voz do Brasil”, que mantém até hoje.

Interessante esse conceito: o Brasil escuta, o Governo fala e o nome do programa é “A voz do Brasil”?

Não. Vamos usar os conceitos corretos para identificarmos os concretos. “A Voz do Brasil” sempre foi “A voz do Governo”.

Nossa sorte é que nenhum governo ousou nos obrigar a manter o rádio ligado durante aquela tediosa hora, provavelmente porque seria motivo suficiente para que se instalasse no Brasil uma revolta.

No Brasil, costuma-se ver que o que é bom dura pouco e o que é ruim perdura para sempre porque alguém munido do poder das armas impõe à população o que quer e esta paga mesmo que não queira.

Leia também:  A violência e o governo

O General Santos Cruz deveria fazer o que o Bolsonaro e a voz da grande maioria dos brasileiros clama: fecha ou privatiza essa verdadeira vergonha, esse escárnio com o povo brasileiro que é a EBC.

Se o Santos Cruz fizer isso, eu se fosse o Bolsonaro promovia-o à Marechal como é permitido em tempo de guerra.

Não existe guerra mais importante para ser enfrentada do que as batalhas contra a opressão e a pilhagem que o povo brasileiro, sem voz nenhuma, sofre calado 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Vamos lá, General, avante!

Leia também:  Os 100 dias do governo Jair Bolsonaro

Acaba com a EBC e toda essa parafernália positivista e marxista que infesta o Brasil a partir de Brasília.

Vamos lá General, ouça a verdadeira voz do Brasil.

Liberta o teu povo!

“Em Brasília, 19 horas”. Meu Deus, até quando?

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!