10 fatos que comprovam que não houve “golpe”

Enquanto a esquerda não cansar de mentir, eu não cansarei de desmascará-la.

Baseando-se num recorte da entrevista de Michel Temer ao programa Roda Viva, ontem à noite, a esquerda liderada pelo PT voltou a falar do “golpe”. Diante disso, resgato alguns FATOS que desmontam a narrativa petista (fontes, no final do texto):

1 – O impeachment só pode ser votado no Senado depois de aceito pelo presidente da casa, que na ocasião era Renan Calheiros, antigo aliado do PT, o mesmo cacique do PMDB que na última campanha para presidente da República fez parte da comitiva de Fernando Haddad no Nordeste.

2 – O fatiamento da votação final do processo de impeachment no Senado que permitiu a preservação dos direitos políticos de Dilma foram articulados por lideranças do PT e do PMDB, sob orientação de um advogado ligado ao PSDB.

3 – Segundo o TSE, o PT formou alianças com os partidos “golpistas” (PMDB e PSDB) em 1683 municípios nas eleições de 2016.

4 – O PCdoB, o mais aguerrido aliado do PT na campanha contra o “golpe”, aliou-se ao “golpista” PSC (de Jair Bolsonaro e Marco Feliciano) no Maranhão.

Leia também:  Reação de juízes ao pacto de governabilidade

5 – Para a prefeitura de São Paulo, o PT escolheu como vice na chapa de Haddad o “menino de Temer”, como Gabriel Chalita é conhecido no meio político, dada a proximidade com o presidente “golpista”.

6 – Logo depois do “golpe”, os assessores de Dilma ganharam empregos no mesmo Senado que finalizou o processo de impeachment. Entre os agraciados estavam Gilberto Carvalho e José Eduardo Cardozo, dois ex-ministros da Justiça de Dilma.

7 – Se Michel Temer exonerou alguns petistas da direção de estatais, tratou de colocar outros petistas na diretoria de empresas subsidiárias ou em empresas que têm participação do governo. Alguns casos:

Raul Moreira, foi para a Alelo; Paulo Ricci, foi para a BB DTVM; Júlio Cezar, foi nomeado presidente da empresa Cateno; Dan Conrado foi colocado no conselho da Vale; Aldemir Bendine, ex-presidente do BB que se aposentou aos 50 anos de idade, ganhou de presente uma cadeira no conselho da BRFoods, com um salário de R$ 50 mil por mês.

Leia também:  O filho feio do Ministério da Economia

8 – Guilherme Boulos, líder do grupo terrorista MTST, foi agraciado com a Medalha do Mérito Legislativo de 2016, honraria conferida pelo parlamento que ele acusava ser “golpista”.

9 – Michel Temer nomeou Nísia Trindade como presidente da Fio Cruz. Nísia é petista assumida e compôs o coro “contra o golpe”.

10 – Na eleição para a presidência do Senado, no começo de 2017, o PT sequer cogitou lançar um candidato próprio. Preferiu apoiar e votar em Eunício de Oliveira, que votou a favor do impeachment, que apoiava o governo Temer e que era investigado na Lava Jato. Na Câmara, ocorreu incoerência semelhante: deputados do PT e do PCdoB votaram no “golpista” Rodrigo Maia (DEM) para presidente da casa.

Ciro Gomes comentou: “Como é que pode o PT, que é o partido da Dilma, agora votar no Eunício Oliveira e no Rodrigo Maia para compor maiorias de corruptos, em troca de carguinhos? O PT não aprendeu nada, será possível isso?”.

Leia também:  O petismo é uma doença ou um incurável problema de comportamento?

Vale ressaltar que esses dez fatos ocorreram seis meses após o impeachment. De lá para cá, muitos outros surgiram, consolidando que houve nada mais do que um grande acordo entre petistas e muitos daqueles que eles chamavam de “golpistas”.

A verdade é que Dilma Rousseff foi premiada pelos bons serviços prestados à organização criminosa descoberta pela Lava Jato. Dilma deveria estar presa. No entanto, continua gritando que foi vítima de golpe enquanto desfruta de mordomias pagas pelo cidadão comum que ainda sofre os efeitos do seu desastroso e criminoso governo.

https://noticias.uol.com.br/politica/eleicoes/2018/noticias/2018/09/02/haddad-recebe-apoio-de-renan-pai-e-renan-filho-e-e-chamado-de-presidente.htm

http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2016/09/03/articulacao-pro-dilma-foi-informada-a-lewandowski-9-dias-antes-da-sessao/

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/politica/noticia/2016/09/estrategia-de-fatiar-processo-foi-desenhada-por-tres-semanas-a-pedido-de-dilma-7363679.html

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/09/1809519-divisao-comecou-a-ser-discutida-ha-duas-semanas.shtml

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,acordo-pmdb-pt-que-reduz-punicao-causa-crise-na-base,10000073388

http://www.brasil247.com/pt/colunistas/cleberlourenco/251072/PT-e-PCdoB-se-coligam-com-golpistas-em-metade-das-cidades-brasileiras.htm

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pt-e-psdb-fazem-alianca-em-1-de-cada-5-municipios,209881

http://oglobo.globo.com/brasil/chalita-de-pupilo-de-temer-vice-de-fernando-haddad-19513694

http://diegoemir.com/2016/08/em-sao-luis-pcdob-de-flavio-dino-faz-alianca-com-partido-de-bolsonaro-e-marco-feliciano/

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/10/1825929-egressos-do-governo-dilma-ocupam-vagas-com-petistas-no-senado.shtml

http://www.cnf.org.br/noticia/-/blogs/1906506

http://www.valor.com.br/financas/4828902/alelo-confirma-raul-moreira-ex-bb-como-presidente-da-companhia

http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,que-merito,10000093213

http://www.oantagonista.com/posts/a-vacina-contra-o-pt

http://g1.globo.com/politica/noticia/como-prefeito-ministro-de-dilma-vai-ao-planalto-pedir-verba-ao-governo-temer.ghtml

http://www.esquerdadiario.com.br/PT-deve-apoiar-Rodrigo-Maia-na-presidencia-da-Camara-mal-menor-ou-fortalecimento-da-direita

http://www.valor.com.br/politica/4843274/pt-aprova-acordo-com-base-de-temer-para-eleicao-da-camara-e-do-senado

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pt-negocia-apoio-a-candidato-do-dem,10000061869

http://epoca.globo.com/politica/expresso/noticia/2017/01/para-fortalecer-resistencia-ao-golpe-pcdob-apoiara-o-governista-rodrigo-maia.html

http://blogs.oglobo.globo.com/panorama-politico/post/pt-libera-voto-em-eunicio-e-compoe-com-pmdb.html

http://www.folhape.com.br/robertajungmann/acontece/acontece/2017/01/30/NWS,16014,76,503,ROBERTAJUNGMANN,2467-IRRITADO-CIRO-GOMES-DESCARTA-ALIANCA-COM-2018.aspx

Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
João Cesar de Melo

João Cesar de Melo

É arquiteto e artista plástico.