O que está acontecendo com o emprego?

primeiro-empregoAté recentemente, a manutenção do nível de emprego era apontada como o ponto forte do governo Dilma, e o contraste entre o desempenho do mercado de trabalho e o restante da economia era tão forte que chegaram a propor a existência de um paradoxo do emprego. Tal paradoxo decorreria da aparente contradição entre o baixo crescimento e o alto nível de emprego. A sabedoria convencional diz que, se existe demanda, a economia cresce e gera empregos; do contrário, a economia para de crescer e aparece o desemprego. Como explicar uma economia que não cresce e na qual, mesmo assim, o desemprego não aparece?

Leia também:  O STF tem o poder de adaptar o texto constitucional ao seu bel prazer?

A pergunta tem várias respostas. As mais imediatas aparecem quando se observa que nos últimos tempos a taxa de desemprego continuou baixa mais por causa da saída de pessoas do mercado de trabalho do que pela criação de novas vagas. Tal saída é devida a fatores demográficos e a mudanças de hábitos que não são necessariamente um problema para a economia. Mas demografia e mudanças de hábitos não explicam, sozinhas, a atual queda no emprego.

Veja mais em: http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/o-que-esta-acontecendo-com-o-emprego-f3oiddgfkwfnh0o108ggaadey

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!
Leia também:  Sobre Eduardo Bolsonaro na embaixada brasileira nos EUA