fbpx

Ladrão de casaca

MontblancSilver“Símbolo de status, uma caneta Montblanc pode custar mais de R$ 1 mil, segundo site do fabricante. As caixas estavam guardadas em prateleiras dentro do quarto secreto descoberto pela PF. Os policiais federais acreditam que as canetas eram usadas por Duque para presentear os amigos.(‘PF apreende 30 canetas Montblanc da GDK na casa do ex-diretor da Petrobras’site O Globo, 27/03/2015)

O título desta pequena crônica deve certamente remeter os leitores mais antigos ao célebre filme protagonizado por Cary Grant. Este ator era um personagem de sua época e protagonizava filmes onde o luxo predominava. Aqui, o nosso “ladrão de casaca” não tem o charme do personagem original nem sua graça e, sem dúvida, suas justificativas.

LavaJato_canetasMontblanc_Renato_DuqueNosso ladrão é o ex-diretor da Petrobras Renato Duque com quem a polícia identificou um acentuado bom gosto pelas canetas Montblanc. 

Encontrou a coleção de canetas – sem dúvida uma obra de arte – na casa de Duque, o que coloca o ex-diretor da Petrobras em rumo de colisão com a verdade.

O que se espera é que a polícia ou juízes que encontraram as “joias” não façam o mesmo que fez o juiz do caso Eike Batista, ou seja: não usem as canetas Montblanc.

[divide]

Foto 1: Wikipédia; Foto 2: Divulgação/Polícia Federal. Fonte: O Globo, 27/03/2015; links atribuídos pela Editoria