Fundos de pensão

cofre_arrombadoOs governos petistas têm em comum uma enorme aversão em relação ao capitalismo. A menos, é claro, que ele seja o capitalismo de Estado. Empresas estatais são paraísos petistas. Neles, vale tudo ou quase tudo.

Uma das marcas características do capitalismo petista é criar emprego e não, trabalho. Mas o aparelhamento, com suas naturais tendências, tem um limite. Este limite se reflete em primeiro lugar nas fundações e/ou nos fundos de pensão estatais. Em princípio, até que determinado fundo de pensão se torne ilíquido, é preciso maltratá-lo bastante. É o que vêm fazendo os gestores petistas com os fundos de pensão outrora saudáveis e invejados, como o da Petrobras e o dos Correios. Não há, no entanto, nada que resista à soma da falta de qualidade de gestão com a óbvia desonestidade.

É aparentemente isto que está atormentando os aposentados da Petrobras e os dos Correios. Eles confiam que o Governo Federal acabe por “equalizar” estes fundos evitando uma derrocada de proporções políticas inimagináveis.

Esta é a conta do aparelhamento que soma políticas indevidas com desonestidades pessoais.

[divide]

 

imagem: pmcofres; links atribuídos pela Editoria

 

Um comentário em “Fundos de pensão

  • Avatar
    19/04/2015 em 10:41 am
    Permalink

    Os roubos nos fundos de pensão envolvem quantias incalculáveis, além de servirem para manipulações da bolsa.
    haverá muito choro e ranger de dentes não só com os desvios, mas com os “investimentos” em derivativos. Estes podem um dia revelar que fortunas de promessas são apenas promessas de fortuna. Este será um grande tombo e lançarão tal culpa no tal de capitalismo (seja lá o que isso possa ser).

Fechado para comentários.