fbpx

A declaração de Fabio Kanczuk sobre a inflação

“A inflação subiu porque, em economês, a oferta estava vertical. É a história de faltar chip para carro. Ninguém podia consumir serviços por causa da pandemia, o pessoal saiu consumindo bens com tanta volúpia que a oferta não podia mais se expandir e ficou vertical. Quando a oferta fica vertical, o preço sobe muito.” (Fabio Kanczuk)

Fiquei muito feliz, melhor dizer aliviado, ao ler essa declaração do Kanczuk. Considero o Fabio um dos melhores macroeconomistas do Brasil. Aprendi muito com ele tanto em conversas quanto lendo o que ele escreve.

Uma das maiores angústias que tinha quando criticava o Banco Central era saber que o Fabio estava lá participando das decisões que eu criticava. A chance de ele estar certo e eu errado era considerável – e isso me deixava preocupado.

Com essa declaração, que vai na direção do que eu estava dizendo, ou seja, que o movimento que estávamos (e ainda estamos) vivendo era “guiado” pela oferta agregada, fiquei bem mais tranquilo. Na sequência, Fabio afirma com todas as letras que o Banco Central errou.

Da minha parte, encerro hoje minhas críticas às ações do Banco Central naquele período (mentira, eu me conheço, mas vou diminuir muito). Aproveito para registrar que o Banco Central de Campos Neto foi um dos primeiros (talvez o primeiro) do mundo a mudar a política monetária e começar a elevar os juros. Creio que isso nos salvou de uma inflação ainda mais severa do que a que estamos vivendo. Segue o jogo…

Roberto Ellery

Roberto Ellery

Roberto Ellery, professor de Economia da Universidade de Brasília (UnB), participa de debate sobre as formas de alterar o atual quadro de baixa taxa de investimento agregado no país e os efeitos em longo prazo das políticas de investimento.