fbpx

Dilma e Putin

Putin_e_Dilma_Palacio_Planalto_14_07_2014
Dilma Rousseff e Vladimir Putin, no Palácio do Planalto (Foto: Wilson Dias / Agência Brasil)

  As dúvidas que permaneceram do encontro entre Dilma e o presidente russo Putin parecem até coisa de primeiro encontro. A timidez, provavelmente, impediu os dois principais parceiros no BRICS de definirem a sede do banco, bem como a sua primeira presidência. Se isto está se mostrando difícil, imagine o leitor a dificuldade de definir metas quantitativas e qualitativas. **

  O que dificulta são, não as diferenças entre os modelos gerenciais dos dois países, mas, exatamente, a semelhança. Rússia e Brasil têm gigantescas máquinas públicas e uma participação intensiva dos dois Estados. A Rússia, oriunda de um governo autoritário (comunista), o Brasil, de um governo autoritário (fidelista), têm dificuldades em definir qualquer crise que não seja ação estatal.

Tenho a impressão de que Putin teria mais prazer em comandar o Brasil e à Dilma agradaria muito mais o regime pelo qual sempre batalhou.

[divide]

** Saiba também:

Brasil cede presidência do BRICS para Índia e aceita vaga no Conselho

Índia terá presidência do banco do Brics

Dilma nega que tenha cedido presidência de banco à Índia para evitar impasse

 

imagem: Wilson Dias / Agência Brasil

links atribuídos pela Editoria