A curiosa pesquisa que assustou a esquerda

Tive conhecimento hoje de uma pesquisa feita pela Fundação Perseu Abramo, criada pelo PT. Essa pesquisa foi elaborada com moradores da periferia de São Paulo e apresentou resultados positivamente surpreendentes para quem acredita nas ideias da liberdade. Acredito que o lulopetismo no Brasil formou mais liberais que toda a Escola Austríaca e a Escola de Chicago juntas.

Abaixo seguem algumas imagens destacadas da pesquisa:

Quem poderia imaginar? Os intelectuais de esquerda devem estar assustados. As pessoas da periferia querem ser reconhecidas como indivíduos e não como parte da massa coletivista.

Leia também:  Zé de Abreu é a cara do picadeiro global

Os entrevistados reconhecem que o sucesso é diretamente ligado ao fruto do próprio trabalho.

Aqui, vemos diversos pontos, com destaque para o empreendedorismo. O trabalhador também quer ser patrão, de preferência deixar um bom patrimônio para a sua família.

Os entrevistados ignoram a luta de classes e acreditam que estão no “mesmo barco” do patrão.

Claro que para os liberais não existe nenhuma surpresa nessa pesquisa. Nós valorizamos os indivíduos que buscam sua felicidade de forma honesta. Mas tendo a acreditar que os bunkers intelectuais socialistas ficaram de cabelo em pé.

Leia também:  Pobreza não se combate com bom mocismo

A pesquisa completa se encontra aqui.

Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!