fbpx

Afinal, o que é a Palestina?

Muita gente fala pelos cotovelos sobre o passado de Israel e da Palestina acreditando que Palestina teria sido um estado que foi tomado dos palestinos pelos judeus ou por outros povos no passado.

Palestina nunca foi um país nem um estado. Palestina era o nome que os romanos deram a uma região determinada, como nós chamamos, por exemplo, o deserto no norte da África de Sahara ou a floresta no norte da América do Sul de Amazônia, ou aquele lugar do leste Europeu de Balcãs, ou aquela parte maravilhosa do nosso continente conhecida por Patagônia no sul da Argentina e do Chile.

A Palestina não tem nada de semelhante com o Tibet, com a Pérsia, nem mesmo com Israel ou a Judeia, esses sim países ou nações que tiveram governo, território e um povo formando um concreto político que conhecemos como estado, país ou nação.

O povo que chamamos de palestino, infelizmente, vive num limbo jurídico, por não possuírem um estado para chamarem de seu há milênios. Assemelham-se com os judeus, que por quase 2000 anos foram expulsos do país que era seu.

A diferença entre os judeus e os palestinos é que aqueles já tiveram sua terra ancestral, enquanto estes seguem sem tê-la, como sempre.

Quem fala sem conhecimento poderá refutar o que está dito abaixo, demonstrando com evidências para não repetir falácias.

Aproveite, estude, faça seus ensaios e depois venha aqui e refute, mas pare de passar vergonha.

“Pequena lição de história:
– Antes de Israel, havia o mandato do Reino Unido na Palestina, não um estado palestino.
– Antes do mandato britânico na Palestina, havia o Império Otomano Turco e Muçulmano, não um Estado Palestino.
– Antes do Império Otomano, havia o estado islâmico dos mamelucos do Egito, não um estado palestino.
– Antes do Estado Islâmico dos Mamelucos do Egito, havia o Império Árabe-Curdo Ayubid, não um Estado Palestino.
– Antes do Império Ayoubid, havia o reino da Jerusalém franca e cristã, não um estado palestino.
– Antes do reino de Jerusalém, havia o Império Omeyad e então Fatimid, não um estado palestino.
– Antes de o Império Omayyad ser fatimidado, havia o Império Bizantino, não um estado palestino.
– Antes do Império Bizantino, havia o Império Sassânida, não um estado palestino.
– Antes do Império Sassânida, havia o Império Bizantino, não um estado palestino.
– Antes do Império Bizantino, havia o Império Romano, não um Estado Palestino.
– Antes do Império Romano, havia o estado Hasmoneu, não um estado palestino.
– Antes do Estado Hasmoneu, havia o Império Selêucida, não um Estado Palestino.
– Antes do Império Selêucida, havia o Império macedônio de Alexandre o Grande, não um estado palestino.
– Antes do Império Macedônio, havia o Império Persa, não um estado Palestino.
– Antes do Império Persa, havia o Império Babilônico, não um estado Palestino.
– Antes do Império Babilônico, havia os reinos de Israel e Judá, não um estado palestino.
– Antes dos reinos de Israel e Judá, havia o reino de Israel, não um estado palestino.
– Antes do Reino de Israel, havia a teocracia das doze tribos de Israel, não um estado palestino.
– Antes da teocracia das doze tribos de Israel, havia um conglomerado de cidades-reinos cananianos independentes, não um estado palestino.
Na verdade, neste pedaço de terra, havia quase tudo, exceto um estado palestino.”

Roberto Rachewsky

Roberto Rachewsky

Empresário e articulista.