Empoderamento: as jedis na TV estatal finlandesa

empoderamento mulheresFinalmente entendi o que significa uma dos neologismos mais cafonas já criados: empoderamento. As mulheres da Finlândia agora são Jedis.

A TV estatal da Finlândia, uma espécie de BBC de lá, está divulgando um dos vídeos mais constrangedores já feitos, daqueles que mostram como mesmo uma nação desenvolvida não está livre de burocratas anencéfalos.

No vídeo “Dicas para evitar estupro”, a YLE mostra uma típica loura finlandesa parando um estuprador com um gesto que lembra cenas de Star Wars em que os personagens usam a Força para paralisar ou empurrar os adversários. Isso é que é empoderamento!

Os burocratas da TV estatal finlandesa estão querendo parar estupradores, como aqueles arrastões feitos por muçulmanos na Alemanha, usando o pensamento (e note que o estuprador do vídeo, claro, é branco). O que pode dar errado?

Leia também:  Por que a reforma previdência ainda é tabu?

A Finlândia tem IDH e renda per capita elevadíssimos, níveis educacionais de dar inveja, mas seus funcionários públicos da TV estatal parecem vítimas dos mesmos vícios dos seus companheiros do resto do mundo.

Este vídeo é mais uma prova de como a segurança pública precisa ser gerenciada e liderada por profissionais com a bússola moral virada para o lado correto, que sabem diferenciar o certo do errado, o justo do injusto, o bem do mal. Quando ideólogos tomam conta da narrativa, o resultado é esse: explosão de violência e estupros. Que sirva de lição para o Brasil.

Leia também:  Por que na política só os piores alcançam o topo?
Gostou do texto? Ajude o Instituto Liberal no Patreon!

Comentários

  1. Segue a segunda versão do vídeo, bem mais apropriada (não duvidaria se também fosse a versão oficial):
    https://www.youtube.com/watch?v=HAE4Y7tdVks

  2. Inacreditável.

  3. Não, isso não pode ser sério !

  4. Esquerda X direita é individualismo X coletivismo. Mas muitas vezes também pode ser interpretada como romantismo X realismo. Ideologia nenhuma explica um vídeo desses a não ser a falta total de entendimento da realidade e uma visão completamente romantizada da sociedade, principalmente do criminoso.

  5. Constrangedor :
    Parafraseando a personagem da Kate Lyra:
    “Estupradores finlandeses são tão bonzinhos”
    O problema será quando um bando de estupradores muç… ops, não posso dizer que são estupradores… encontrarem ela.
    Também nunca entendi este tal de “empoderamento”, que nem existe no dicionário do meu teclado.